A partir do mês de novembro começa a Piracema (movimento dos peixes em cardumes rio acima para se acasalarem e reproduzirem).

A palavra Piracema é de origem indígena:pira=peixe e cema =subida. Os índios, com sua sabedoria primitiva, já observavam este fenômeno.

Os peixes de piracema, conhecidos também como migradores, necessitam fazer um esforço físico intenso subindo o rio, para estarem em condições de reproduzir.

Com a chegada das chuvas, eles sabem que é hora de ir para os locais de desova.

Alguns chegam a nadar centenas de quilômetros em poucos dias.

As lagoas e marginais, são “berçários” naturais dos peixes e desempenham um papel muito importante. Adultos entram para desovar, ovos e larvas que descem à deriva também se depositam ali, encontrando abrigo seguro.

Os peixes juvenis que se encontram aprisionados desde o ano anterior se vêem livres para povoar o rio.

O instinto de preservação das espécies é grande e, já cansados da jornada, os adultos se tornam presa fácil de predadores. Muitos pescadores se aproveitam desta fragilidade para pescá-los com grande facilidade.

Agindo desta forma, contribuem para a redução drástica dos recursos pesqueiros.

Mesmo antes da Piracema muitas fêmeas que sobem o rio já estão ovadas. Vai da consciência de cada pescador, soltá-las ou não, como também praticar a pesca de forma responsável.

Para portar o equipamento de pesca e o pescado é importante manter sua licença atualizada.

Procure se informar melhor sobre as normas durante o período de Defeso, consultando as portarias estaduais da Piracema publicadas em 2011 (156 da bacia do Grande e do Paranaíba, 155 da bacia do Leste e 154 da bacia do São Francisco) no site www.ief.mg.gov.br.

Nos rios, córregos e represas de Ibiá e região está proibida qualquer modalidade de pesca durante este período. Todavia nos reservatórios de usinas hidrelétricas está permitida a captura de algumas espécies de peixes. Nestes locais onde a pesca está permitida parcialmente, os equipamentos permitidos durante o período de Defeso são: linha de mão com anzol, vara/caniço simples, equipados ou não com carretilhas, molinetes ou outras máquinas de pesca, com iscas naturais ou artificiais.

É proibido, durante o período de defeso, a captura, a aquisição e o respectivo porte, transporte, comércio, armazenamento, consumo e utilização para qualquer finalidade, de espécies nativas das bacias hidrográficas.

Na bacia do Grande e do Paranaíba só é permitido a captura de espécies alóctones, exóticas ou híbridos: pescada-do-piauí (Plagioscion squamosissimus), tucunaré (Cichla spp.), tilápia (Oreochromis spp. E Tilapia sp), bagre-africano (Clarias spp.), apaiari (Astronotus ocellatus), carpas (todas as espécies), black-bass (Micropterus spp.), peixe-rei (Odontesthis spp.), sardinha-de-água-doce (Triportheus angulatus), porquinho (Satanoperca pappaterra), zoiudo (Geophagus surinamensis) catfsh (Ictalurus punctatus), piranha (Pygocentrus piraya) Piranha Preta, Tambaqui, e o híbrido Tambacu.

Fique atento comerciante…

Os responsáveis pelo comércio de pescado deverão se atentar para o registro do IEF e quanto ao prazo de DECLARAÇÃO DE ESTOQUE DE PEIXE IN NATURA, CONGELADOS OU NÃO, provenientes de águas continentais, existentes nos frigoríficos, peixarias, colônias e associações de pescadores, armazenados por pescadores profissionais, entrepostos, postos de venda, depósitos e câmaras frias, em posse de feirantes, ambulantes, bares, restaurantes, hotéis e similares. O dia 04/11/2014 será a data limite estabelecida para a declaração de estoque junto ao órgão ambiental competente, Instituto Estadual de Florestas-IEF ou na Polícia Militar de Meio Ambiente.

Durante todo o período da Piracema a Polícia Militar de Meio Ambiente e estará intensificando as fiscalizações em rodovias e estradas vicinais, além de patrulhamentos terrestres e aquáticos para prevenir a pesca predatória e garantir a reprodução dos peixes.

Lembre-se que somente com a sua participação e a de todos é que conseguiremos preservar os rios e os peixes. As gerações (de hoje e futuras) agradecem suas ações visando um Meio Ambiente preservado.

Responsável pela matéria: Sd PM Joel


Category: Polícia

Um  motociclista inabilitado após atropelar uma idosa terminou na delegacia de policia civil. Na Rua Pernambuco, por volta das 11h30 da manha de quinta-feira (30), a Policia Militar depois de solicitada se fez presente no local,  onde segundo um motociclista de 21 anos, transitava com sua motocicleta pela via quando visualizou uma mulher caminhando pelo meio da rua tendo ele diminuído a velocidade, momento em que a mulher parou e de repente começou para atravessar a rua entrando na frente da motocicleta que o jovem conduzia, impossibilitando que ele fizesse qualquer movimento para evitar o acidente, instante em que o condutor atropelou a pedestre, sendo uma aposentada de  84 anos. Devido ao acidente, o condutor e a passageira da motocicleta, caíram no chão sofrendo pequenas escoriações. A ambulância do PAM compareceu ao local e socorreu a idosa que teve fratura nos membros inferiores, sendo atendida e ficado sob observação para um diagnostico completo. O condutor e a passageira foram conduzidos ate o pronto socorro onde foram atendidos e liberados. O condutor ainda não possui carteira de habilitação, sendo sua motocicleta sido removida ao pátio credenciado. Diante dos fatos o condutor foi preso por dirigir sem possuir CNH gerando perigo de dano. Segundo transeuntes a idosa que foi atropelada sofre de problemas de saúde mental. Diante dos fatos os policiais registraram o boletim de ocorrência que foi entregue na delegacia para devidas providencias.


Após ser acionada Policia Militar conduz para delegacia de policia civil, homem que estava de posse de peças de bicicleta de procedência duvidosa.  Na tarde de quinta-feira  (30), por volta das 18h00, a Policia Militar depois de solicitada se fez presente na Rua  PA 14, bairro Pão de Açúcar III, onde segundo um solicitante de homem de 49 anos, a aproximadamente uma semana teve sua bicicleta furtada e nesta quinta ao passar pela rua PA 14, deparou com o envolvido A.S.P, 18 anos, caminhando na via de posse de um quadro de bicicleta de cor azul, o qual o solicitante reconheceu ser de sua propriedade e que ao dialogar com o indivíduo de 18 anos, este alegou que comprou de uma criança pela quantia de R$30,00 reais em dinheiro, tendo o solicitante acionado a policia. Com a chegada da PM, o indivíduo de 18 anos alegou que comprou o quadro com garupeira, uma  roda aero com catraca e dois pneus, reafirmando que havia adquirido de uma criança de aproximadamente dez anos de idade. Os policiais foram até a residência do autor onde foi encontrada uma roda, dois pneus e uma garupeira. Em dialogo com o solicitante este reconheceu o quadro e a garupeira, porem alegou que a roda e os pneus não eram de sua propriedade. Os  militares conduziu os envolvidos para a delegacia de policia civil, para devidas providencias.


Foto do envolvido e do material de procedencia duvidosa apreendidos (Assessoria de imprensa da Policia Civil)

Durante uma operação policial, os policiais civis da delegacia de Araxá realizaram apreensão de drogas e dinheiro de procedência duvidosa. Na tarde de quarta-feira (29), por volta das 16h00, a Policia Civil da cidade de Araxá,  após um mês de investigações,  compareceu na rua Juliano Alves Pereira, no bairro Novo Horizonte, onde realizou a prisão de P.L.M de 41 anos de idade,  apontado nas investigações como um dos responsáveis pela distribuição e venda da droga na cidade de Araxá e região. Os policiais civis após um mês de intensas investigações conseguiram chegar até o suspeito que se encontrava em sua residência no  endereço acima citado. Com um mandado de busca e apreensão expedido pelo poder judiciário de Araxá, as equipes entraram na residência e localizaram a droga que estava escondida debaixo da pia dentro de uma cafeteira, debaixo do Rock da sala, dentro do guarda roupa e dentro de 02 potes escondidos debaixo da cama de casal em um dos quartos da residência, também foi localizado  pelos policiais a quantia de R$ 1896,00 em dinheiro trocado de cédulas de diversos valores. Os policiais civis também apreenderam diversos produtos eletroeletrônicos de procedência duvidosa e sem notas fiscais. Diante do fato todo o material foi apreendido e levado para a delegacia de policia civil para devidas providencias.


Durante uma operação desencadeada pela Policia Militar vários veículos e peças de veículos foram localizadas em lote de forma irregular. Na tarde de quarta-feira (29), por volta das 16h00, a Polícia Militar desencadeou uma operação denominada “Desmanche” e um dos locais vistoriados foi um depósito na Avenida José Ananias Aguiar, bairro Fertiza. O proprietário do local onde estavam os veículos e peças de veículos, um homem de  54 anos de idade, relatou aos policiais que não possuía alvará de funcionamento,  e que utiliza o local para desmanchar veículos comprados em leilão e também vem colocando veículos apreendidos que deveriam estar em outro pátio. Durante vistoria no local foram localizados 52 veículos e várias partes de veículos que não foi possível detectar a procedência. O proprietário disse ainda que não tinha nenhuma documentação para comprovar a procedência dos veículos. Ele foi conduzido à delegacia para maiores esclarecimentos e foi orientado que os veículos estavam em local irregular, pois veículos apreendidos devem ser colocados em pátio credenciado. Os veículos não foram apreendidos devido a grande quantidade e dificuldade de local onde seriam acondicionados. Diante do fato os militares registraram o boletim de ocorrência para devidas providencias.


Durante uma operação policial, os militares aprenderam droga e conduziu para a delegacia de policia civil um homem. Na manha de terça-feira (28), por volta das 11h40, a Policia Militar durante um patrulhamento preventivo pelo setor oeste da cidade, os militares na Rua José Andrade de Fretas, abordaram um veiculo Ford/Scort, que estava sendo conduzido por M.A.C de 20 anos de idade, e no ato da abordagem os militares realizaram uma busca minuciosa no interior do veículo e foi encontrado uma pequena porção de “maconha” em baixo do banco dianteiro lado direito (banco do passageiro), ao questionar quem seria o proprietário da droga o envolvido L.G.S.L de 18 anos de idade,  relatou que era de sua propriedade. O jovem de 18 anos de idade,  informou ainda para os militares que havia comprado a droga de M.A.C de 20 anos de idade  e que pagou a quantia de R$20,00 (vinte reais) e que havia consumido parte da droga juntamente com uma outra pessoa.  Quando o envolvido M.A.C  ouviu a declaração de L.G.S.L o mesmo  saiu correndo   entrando em uma mata próximo a rua Josias Santos e não foi localizado pelos militares. Diante do fato o veiculo de M.A.C foi apreendido e do local removido  por um auto socorro, e  na delegacia de policia civil o boletim de ocorrência foi entregue para devidas providencias.


DICAS DO SARGENTO AMILTON:

Produzido por jornalaraxa.com.br

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS DICAS

Arquivos de posts


Ultimas noticias


Direto ao Assunto


Nuvem de tags


Siga-me

http://pt-br.facebook.com/r.php?profile_id=100001408171947&next=http%3A%2F%2Fpt-br.facebook.com%2Fprofile.php%3Fid%3D100001408171947 http://twitter.com/#AmiltonMarcos